terça-feira, 07/01/2020

A Colette está de volta, só que em documentário

Dois anos depois de fechar as portas, a emblemática loja francesa volta com um documentário que conta com a participação de Kanye West, Virgil Abloh, Alexandre de Betak, bem como Colette Roussaux e a sua filha Sarah Andelman.

Mesmo que nunca tenha estado em Paris, provavelmente já deve ter ouvido falar da famosa Colette, a loja que era muito mais do que um espaço para fazer compras. Este era o ponto de encontro a Moda e todos os fashion lovers, e um dos ex-líbiris contemporâneos da cidade luz. A loja parisiense, que fechou as portas na Rue Saint-Honoré, em 2017, está agora de volta com Colette Mon Amour, um documentário que promete uma viagem pelos bastidores desta que foi considerada a mãe das concept stores

O documentário dirigido pelo parisiense Hugues Lawson-Body, retrata desde o anúncio do encerramento da Colette, até aos últimos seis meses de existência da mesma. Acompanhando não só a a fundadora Colette Roussaux e a sua filha Sarah Andelman – que era também diretora criativa da loja. Às fundadoras da loja, juntam-se grandes nomes da indústria da Moda, sem esquecer os vários colaboradores que ajudaram a elevar o estatuto da Colette.

Ao longo dos 60 minutos que compõem o documentário, os espectadores podem assistir a entrevistas feitas a Virgil Abloh, Kanye West, Guillaume Henry, Alexandre de Betak, Kevin Lyons e Pharell Williams, que recordam as suas experiências na loja de luxo, e ainda espreitar os bastidores de alguns dos últimos eventos que antecederam o seu encerramento.

“Eles estavam mais do que dispostos para serem entrevistados”, disse Hugues Lawson-Body, ao WWD. O diretor do documentário acrescentou ainda que: “Foi incrível estar no estúdio do Kanye West, em Los Angeles, e conversar sobre a Colette.”

Embora não tenha sido anunciada a data do lançamento de Colette Mon Amour, o documentário está previsto para o próximo ano.

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

%d blogueiros gostam disto: