terça-feira, 09/10/2018

Um novo documentário sobre o “Studio 54” está chegando ainda este ano

 

Studio 54 // Créditos: Reprodução

 


Foi em meados de 1977 que Steve Rubell, um advogado em treinamento, e Ian Schrager decidiram abrir um clube em Nova York. Seu nome? O “Studio 54″, localizado na 273 West 54th Street, bem no centro de Manhattan. Naquela época o casal nunca imaginou que as noites nova-iorquinas se tornariam lendárias. Um refúgio para qualquer um que fosse alguém (ou ia ser) e para todos os astros dos anos 80. Cada noite uma celebridade diferente passava por suas portas: Jerry Hall, Andy Warhol, Keith Haring, Elton John e Elizabeth Taylor fizeram a viagem para passar longas e debochadas festas no clube sagrado.

Tudo terminou em uma noite infame em dezembro de 1979, quando a polícia descobriu sacos de dinheiro e drogas no porão do clube e os fundadores foram forçados a fechar. Uma esperança de rejuvenescimento brilhou em 1981, quando o clube foi reaberto após a sua venda, apenas para descobrir que a febre discoteca tinha sido curada. Em uma ode ao clube icônico, Matt Tyrnauer criou um documentário que será lançado no final deste ano, incluindo testemunhos oculares do famoso clube clandestino, bem como um testemunho do co-fundador Ian Schrager e de clientes bem conhecidos.


Madonna foi uma das grandes habitué da casa // Créditos: Reprodução
No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

%d blogueiros gostam disto: