quarta-feira, 01/02/2017

Mais um capitulo da história Johnny Depp – agora com os agentes

Johnny Depp. / Créditos: Getty Images

 

Como já havíamos falado na semana passada, o processo movido por Johnny Depp em torno dos seus ex-agentes da The Management Group (TMG) acaba de ganhar um novo capítulo. Agora, o ator os acusa de terem administrado super mal a quantia que ganhou no período em qual foi cliente deles. Após a demissão deles, o ator exige na justiça o ressarcimento de US$ 25 milhões (R$ 78,7 milhões).

Já os agentes que trabalharam para Depp na época, afirmam que ele perdeu o controle nas compras, assumindo contas sem ter condições de paga-las! O “TMG”, para provar, anexaram alguns documentos ao processo que em um tribunal de Los Angeles, com vários gastos do ator, incluindo a compra de um iate de 45 metros por US$ 18 milhões (R$ 56,7 milhões), um investimento de US$ 4 milhões (R$ 12,6 milhões) em uma gravadora, uns US$ 200 mil (R$ 630,2 mil) por mês em aluguel de jatinhos e outros US$ 150 mil (R$ 472,6 mil) mensais em segurança.

Os advogados da empresa ainda dizem mais: Depp mantinha um staff de 40 pessoas que custava US$ 300 mil (R$ 945,3 mil) mensais em salários, além de US$ 30 mil (R$ 94,5 mil) por mês com vinhos.

O ator, que já chegou a embolsar mais de US$ 100 milhões (R$ 315,1 milhões) por ano no auge da carreira, sendo um dos atores mais bem pagos de Hollywood, afirma que só ficou realmente sabendo que estava com problemas financeiros quando o TMG sugeriu de vender a propriedade da França para pagar dívidas.

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

%d blogueiros gostam disto: