sexta-feira, 21/07/2017

Bigode de Salvador Dalí, marca registrada do artista, foi encontrado na mesma posição. Oi?

 

Salvador Dalí. // Créditos: Reprodução

 

Uma das características físicas mais marcantes de Salvador Dalí continua intacta, mesmo 28 anos depois da morte do artista espanhol. De acordo com especialistas que participaram na exumação do artista surrealista, os restos mortais de Dalí – que foi embalsamado – estavam bem conservados, incluindo o seu bigode.

“Como sabem, o corpo de Dalí foi embalsamado e, segundo o médico legista, depois da exumação, o bigode encontrava-se na sua posição habitual, apontado para as dez horas e dez minuto”, disse o secretário-geral da Fundação Gala-Dalí, Luis Peñuelas Reixach, numa conferência de imprensa realizada na manhã desta sexta-feira (21.07), no Teatro-Museo Dalí, em Figueres, Girona, cerca de 12 horas após o início da operação.

O responsável salientou que esta revelação dos especialistas foi “especialmente comovente”, porque Dalí brincava frequentemente com a forma do bigode, uma marca especial da sua imagem. Após a exumação do corpo, realizada na última noite, foram extraídas amostras de cabelo, unhas, dentes e dos ossos, tendo a Fundação Dalí solicitado.

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

%d blogueiros gostam disto: