quinta-feira, 14/03/2019

Conheça o La Voiture Noire: o Bugatti de quase R$ 50 milhões

Conheça o Bugatti La Voiture Noire, o hypercar one-of-one que foi inspirado no lendário 57SC Atlantic de Jean Bugatti (frequentemente considerado como o carro mais bonito já construído que infelizmente se perdeu durante a Segunda Guerra Mundial). Estreando no 2019 Genebra Motor Espetáculo em curso, o único baseado Chiron é reivindicado pela Bugatti para ser novo carro mais caro em torno do globo.

Enquanto o Chiron não é barato por qualquer medida, com um preço inicial de pouco menos de US$ 3 milhões, o Bugatti La Voiture Noire tem uma etiqueta de preço quase impossível de US $ 12,5 milhões. Você deve se lembrar que há alguns anos, a Rolls-Royce também havia feito uma única chamada de Sweptail, que custava US $ 13 milhões; então, como o La Voiture Noire chega a ser o mais caro? Bem, veja, os US$ 12,5 milhões (R$ 47.875 milhões) são antes dos impostos, que aumentam para € 16,5 milhões (R$ 71.445 milhões) quando todos os impostos são adicionados.

Lembrando que a Bugatti vem lançando vários carros especiais baseados no Chiron nos últimos anos, incluindo o Divo. Mas o La Voiture Noire leva a exclusividade ao próximo nível. Com esta última criação, a Bugatti voltou à sua herança de coachbuilding. A carroceria do La Voiture Noire é inteiramente feita de fibra de carbono, assim como todos os outros carros baseados no Chiron, a máquina também é alimentada pelo mesmo motor quad-turbo W16 de 8.0 litros que produz 1.500 cavalos de potência e 1.180 libra pés de torque.

O nome “La Voiture Noire” traduz literalmente “o carro preto”. Buscando inspiração do lendário 57SC Atlantic de Jean Bugatti, o Bugatti pontual é quase totalmente acabado na cor preta. O corpo de fibra de carbono com um brilho preto profundo mostra o tecido ultrafino do material. Outro elemento visual que remete ao original La Voiture Noire é o conjunto de seis dicas de escape que simplesmente parecem más. No topo da pilha de pontas de escape é a faixa de luz de freio de LED de largura total que envolve a extremidade traseira inteira do carro. Complementando são os faróis de LED lustrosos na frente que se alongam em cima dos arcos de roda.

Surpreendentemente, Bugatti não nos deu uma espiada na cabine do one-off. Nem o presidente da Bugatti, Stephan Winkelmann, confirmou o dono da La Voiture Noire. Mas se os rumores forem verdade, Longtail Kris Singh revelou algumas semanas atrás em seu Instagram alegando que ele foi construído para ninguém menos que o Dr. Ferdinand Piëch, neto de Ferdinand Porsche e ex-presidente do Grupo Volkswagen. Poder!

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

%d blogueiros gostam disto: