terça-feira, 26/11/2019

A Bugatti poderá estar trabalhando no seu primeiro elétrico

A indústria automobilística global está se transformando rapidamente para abraçar a eletrificação do transporte e a mobilidade sustentada em geral. Nos últimos anos, vimos alguns dos maiores nomes do setor investir bilhões de dólares no desenvolvimento de tecnologia de carros elétricos e fazer sua incursão no mercado de veículos elétricos, incluindo a Audi com sua linha e-tron, o EQ da Mercedes-Benz linha de carros elétricos e o recém-lançado sedan esportivo Porsche Taycan. Agora parece que a fabricante francesa de supercarros Bugatti logo se juntará ao clube com seus planos de introduzir um carro totalmente elétrico no futuro. O CEO da Bugatti, Stefan Winkelmann, em entrevista à Bloomberg, afirmou que está pressionando pelo próximo carro da marca para ser um carro elétrico de quatro lugares com um preço muito acessível. O chefe da empresa concorda com o fato de que ele não pode construir hiper-carros exclusivos para sempre.

“O setor está mudando fundamentalmente, e temos que abordar quais oportunidades existem para desenvolver a Bugatti como uma marca daqui para frente”, disse Winkelmann na entrevista. Segundo Winkelmann, as discussões entre a Bugatti e a controladora Volkswagen sobre o projeto estão atualmente em andamento. Se a empresa optar por seguir a tendência recente, o Bugatti EV com capacidade para quatro pessoas pode muito bem ser um cruzamento; embora, Winkelmann tenha dito no início deste ano que a marca não fabricaria um SUV. O carro elétrico será um produto de mercado de massa, o que faz um sentido comercial melhor para a marca que atualmente constrói apenas 70 carros em um ano. Segundo algumas estimativas, a empresa pode acabar fabricando mais de 600 carros elétricos por ano com um preço entre US $ 500.000 a US $ 1 milhão. Mas a empresa terá que expandir massivamente suas operações para realizar esse projeto; atualmente emprega cerca de duas dúzias para fabricar todos os seus carros em sua fábrica de Molsheim, na França. Poder!

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

%d blogueiros gostam disto: