quarta-feira, 11/04/2018

Orion Span: o primeiro hotel espacial que deverá abrir portas até

 

O hotel planeja abrir até o final de // Créditos: Reprodução

 

O mundo está cheio de lugares e hotéis incríveis, e graças ao Instagram, não podemos parar de compartilhar cada detalhe de nossas vidas com o resto da humanidade. Às vezes podemos sentir que já os vimos todos e encontrar uma opção diferente pode ser mais difícil do que parece.

Orion Span tem a solução. Durante a Space 2.0 Summit em San Jose, Califórnia, a empresa apresentou um projeto com o qual planeja dar a Elon Musk alguma competição e dar a alguns viajantes a oportunidade de conhecer o espaço com um resort de luxo. Frank Bunger, fundador e CEO da empresa, revelou que quer lançar o primeiro resort de luxo “acessível” (economicamente) no espaço. A Orion Span planeja lançar a Estação Aurora até 2021.

Claro, acessível é um termo relativo, já que Bunger compartilhou que, por 12 noites de hospedagem na estação, os visitantes em potencial teriam que gastar cerca de US$ 9,5 milhões, valor bem razoável, comparados aos US$ 40 milhões que alguns viajantes pagaram para visitar a Estação Espacial Internacional há alguns anos.

 

O valor da estadia começa na casa dos US$ 9,5 milhões // Créditos: Reprodução

 

O hotel espacial e seu software serão construídos em Houston e de acordo com relatos, será do tamanho de um jato particular, a capacidade de acomodar quatro pessoas e dois membros da tripulação e estará orbitando a uma altitude de 200 milhas acima do solo ( 321,8 quilômetros).

A ideia parece loucura, mas se considerarmos que os lançamentos do Space X foram bem sucedidos e que a ciência e a tecnologia avançam todos os dias, um hotel espacial funcional é certamente uma possibilidade, só não espere um resort gigantesco com shows de ópera particulares estilo o Quinto Elemento.

 

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

%d blogueiros gostam disto: