quarta-feira, 02/05/2018

Próximo iPhone X custará metade do que é hoje

 

Detalhes da câmera do iPhone X // Créditos: Reprodução

 

O verão ainda não chegou e os geeks já estão teorizando com as novidades tecnológicas da próxima temporada. O produto com mais rumores é, sem dúvida, o chamado iPhone barato, o dispositivo no qual a Apple trabalha após o lançamento do iPhone X, seu smartphone mais caro e avançado até hoje. No último domingo, o portal norte-americano ‘Business Insider’ publicou o que os especialistas já acreditam saber sobre esse novo smartphone, e a verdade é que as expectativas são muito positivas.

De acordo com este cabeçalho, as fontes especializadas assumem que a Apple aproveitará o mês de setembro, no qual mostrou outras de suas grandes criações, para lançar três novos modelos de iPhone. Um deles será um do mesmo maior versão atualizada do iPhone X, outro (o preço será de cerca de US$ 1.100), e finalmente o iPhone de baixo custo, que custará entre US$ 550 e US$ 650 dólares.

Entre os recursos que gerenciam a mídia, os mais atraentes são o reconhecimento facial e a tela frontal cheia, recursos já disponíveis no ponteiro do iPhone X, mas com uma diferença: a tela será maior, com 6,1 polegadas. Por que será mais barato então? Por dois motivos. A primeira é que a tela será menos avançada, trazendo para o aparelho o LED em vez de OLED, uma tecnologia que a Apple reserva para seus dispositivos mais avançados, já que consome menos bateria e oferece melhores cores. O segundo, a câmera: não será lente dupla, como seus smartphones mais recentes

Os especialistas também assumem que essa abordagem do gigante de Cupertino a preços mais populares se tornará um fenômeno. As expectativas de sucesso que predizem o iPhone barato variam entre 65% e 75% de todo o iPhone que será vendido no próximo ano. Esperamos pra ver!

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

%d blogueiros gostam disto: